Segunda-feira, 29 de Novembro de 2004

NÃO VALE A PENA CONTRARIAR... SOMOS O Nº1 - ISO

manjogo.jpg


E cá estamos nós no lugar que nos pertence... o 1º!!

O FCPorto jogou esta noite com o Setúbal, onde fez uma boa exibição.

MANICHE (que esteve muito bem , diga-se de passagem) fez um remate fortissimo, que bateu na trave... Perigoso. Marco Tábuas ainda tocou, e deu canto. Aos 24 minutos, Jorge Costa, ( que pouco antes do intervalo seria expulso por ver o 2º amarelo na partida), na sequência desse canto marcado por Diego faz o 1º e único golo da partida. Poderiam ter existido mais, mas a estrelinha assim não o permitiu.

Os Dragões vão para intervalo a vencer, mas com menos um jogador. Mas o pior não fica por aqui. O sr. do apito não viu nem marcou faltas por exemplo como aos 50 min em que o médio nº 18 ia com a bola e um jogador adversário da-lhe um encontrão e faz falta feia, mas nada marcado.

Também na sequência de um pontapé livre, um defesa do Setúbal, desvia a bola na área com o braço (prepositadamente, como as imagens da repetição demonstraram) e o castigo máximo foi apontado?? Não.... Estamos em Portugal, e mais não há para dizer... para bom entendedor, meia palavra basta.

O Porto dominou bem, sendo que 75% dos remates feitos pela equipa azul e branca foram á baliza.

Tentam nos derrubar, mas azarito. Tudo contra nós, mas NÓS SOMOS O Nº 1, quer queiram ou não... Gostem ou não.

Só me resta agradecer aos senhores que envergam o emblema azul ao peito, por mais uma alegria e Sexta tou lá, sempre a apoiar porque... "Contigo a todo o lado, durante todo o anos SÓ PORQUE EU TE AMO!!"


 


O GOLO:


"O lance começou num remate de Maniche à Maniche. Um disparo violento de meia-distância que Marco Tábuas conseguiu desviar para a barra. Canto que Diego cobrou para a cabeça de Jorge Costa. Mais alto que os centrais do Setúbal, o "capitão" portista marcou o único golo do jogo."


CRITICAS AO MÉDIO:


"Onde anda a bola, lá anda ele, parecendo movido a pilhas alcalinas. Grande disponibilidade física, futebol simples e intencional, consegue em um, dois toques, trocar maracações e lançar o ataque com precisão. É nele que começa, passa e muitas vezes o futebol ofensivo do Porto e só não marcou porque Marco Tábuas não permitiu."

(in 24 Horas 30/11/2004)

"Cheirou" o golo com dois remates de meia distância, ao seu jeito. Vestiu o fato-macaco e jogou para a equipa, com notável espírito de sacrifício.
(in O record 30/11/2004)

A REACÇÃO DO MÉDIO:

"A expulsão do Jorge Costa obrigou a nossa equipa a ser ainda mais unida. O Jorge teve noção do que fez, mas não fez por mal. Aliás, a vitória tem de ser dedicada a ele, pois apontou o golo que nos deu os três pontos. Com apenas dez jogadores em campo a entreajuda era fundamental. Foi uma vitória justa, que premeia o nosso sacrifício. O Vitória de Setúbal não causou surpresa, jogou muito bem, e o nosso campeonato até já me faz recordar o espanhol, pois está muito mais competitivo. Nos últimos anos habituámo-nos a estar no topo da SuperLiga e, agora que lá chegámos, vai ser difícil tirarem-nos de lá."

(in O Record 30/11/2004)</aux>

publicado por raquel às 23:30
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. Atlético Vence

. Maniche Apresentado

. Maniche É do Atlético de ...

. Maniche Perto do Atlético

. Maniche Perto do Atlético

. Atlético quer vender para...

. Onde Será?

. ...

. VOTEM NO MANICHE!!

. Maniche no Top10

.arquivos

. Fevereiro 2007

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds